Off-Grid

Baterias estacionárias ou automotivas: qual a melhor opção?

6 novembro, 2018

Em um sistema fotovoltaico Off Grid é necessário adquirir controladores de carga  e baterias estacionárias ou automotivas. Neste post você vai conhecer melhor as características de cada uma delas.

 

Baterias automotivas ou estacionárias?

baterias estacionárias

As baterias estacionarias são projetadas para no-breaks e o armazenamento de geração de energia eólica, solar, dentre outras aplicações. Já as baterias automotivas são utilizadas em veículos.

Apesar da tecnologia utilizada na confecção de baterias automotivas e estacionárias ser a mesma, a constituição interna e aplicações são diferentes. Nesse post é tomado como base a tecnologia do tipo “chumbo-ácido”.

Essas diferenças de constituição fazem com que a bateria automotiva tenha um custo mais baixo no mercado, o que desperta o interesse do consumidor final em adquirir essa bateria para utilizar no lugar da bateria estacionaria. Porém esse é um grande erro, e você entender o porquê lendo esse post.

 

Baterias automotivas

bateria-automotiva

Elas são fabricadas com placas mais finas e em maior quantidade quando comparadas com as baterias estacionárias. Esse tipo de fabricação garante uma superfície de contato maior com a solução interna. Assim ela fornece mais quantidade de corrente e uma degradação mais rápida do material. Por isso sua vida útil média é de 3 anos.

Elas são projetadas para estarem sempre carregadas (função exercida pelo alternador dos veículos) e fornecer grande quantidade de corrente em um curto período de tempo (partida do motor).

Outro detalhe referente à bateria automotiva é a emissão de gases. O momento de carga é o que mais emite gases, sendo eles vapor de hidrogênio e de ácido sulfúrico.

A bateria fica embaixo do capô do carro, onde esses gases são rapidamente dispersos. Porém em uma residência ou empresa, essas baterias ficariam em salas. Elas dividiram o espaço com outras pessoas o que pode gerar problemas de saúde.

 

Baterias estacionárias

bateria estacionária

Elas são projetadas para ciclos de descargas profundas. Suas placas são mais espessas e com materiais internos mais nobres chegando à 95% de pureza, sendo construídas para durarem mais tempo. Com essa constituição, elas podem sofrer até 80% de descarga sem prejudicar sua vida útil.

Existe uma relação direta entre a profundidade de descarga da bateria e o número de vezes que a bateria pode ser carregada e descarregada, sendo esse seu ciclo de carga. Quanto menor a descarga, maior será sua vida útil.

Outro fator que implica diretamente na vida útil de uma bateria é a temperatura de operação dela. A maioria das baterias do mercado estipulam uma temperatura de operação de 25°C. Em temperaturas maiores sua vida útil é reduzida e em temperaturas menores é aumentada.

Em relação à emissão de gases, as baterias estacionárias possuem um filtro que não permite a emissão de vapor da solução ácida. Sendo assim, ela deixa passar apenas o vapor de hidrogênio que não é nocivo a saúde. Dessa forma elas podem dividir o ambiente com pessoas. Mas ainda é importante que o espaço tenha uma ventilação mínima para  a dispersão do vapor de hidrogênio.

 

As Baterias Estacionárias, são com certeza a melhor opção para você que quer instalar um sistema fotovoltaico. O custo inicial de uma bateria estacionária pode ser mais elevado que o de uma bateria automotiva, porém a sua relação de custo x benefício será maior devido ao tempo de vida útil (5 anos) que ela oferece, além de não oferecer risco à sua saúde.

curso de energia solar