Dicas

Painel monocristalino é mais eficiente?

16 outubro, 2018

Neste post você vai conhecer mais sobre os painéis monocristalinos. Feitos de silício, este painel possui muitas vantagens para quem o instalar, visto que tem uma eficiência e vida útil maior que os demais. 

 

Painel Monocristalino: A mais antiga e eficiente tecnologia de painéis solares

 

O painel monocristalino foi desenvolvido pelo cientista polaco Jan Czochralski em 1916, enquanto ele estudava a velocidade da cristalização de alguns metais.

Seus estudos resultaram no Processo Czochralski, que é um método de cultura de cristais que hoje é utilizado na produção industrial de materiais semicondutores como o Germânio e o Silício.

No início da energia solar, todos os painéis eram feitos de Selênio, mas a partir de 1954 foram desenvolvidas células fotovoltaicas de Silício, o que permitiu que o painel monocristalino fosse criado.

Os painéis fotovoltaicos de silício monocristalino são feitos a partir de um cristal ultra puro de silício que é cortado em várias partes criando assim lâminas de silício individuais. Essas lâminas são tratadas e convertidas em células fotovoltaicas.

painel solar monocristalino
Painel Solar Monocristalino à esquerda e um Painel Policristalino à direita

 

Vantagens dos painéis monocristalinos

 

Existem muitas vantagens em usar esse tipo de painel ao invés do painel policristalino. Entre elas podemos citar:

• Sua vida útil é superior a 25 anos* fazendo com que sua durabilidade aumente consideravelmente;

• Funcionam melhor que os painéis policristalinos em condição de pouca luz;

• Ocupam menos espaço e geram a mesma quantidade de energia;

E possuem uma alta eficiência de cerca de 15% e 22%.

Este tipo de painel também é fácil de se reconhecer. Ele possui uma cor uniforme podendo ser azul escuro ou cinza. Essa é uma característica marcante da pureza do material que ele é produzido.

*

Desvantagens dos painéis monocristalinos

 

Mas há também algumas desvantagens no uso deste tipo de painel. Entre elas temos:

• O custo para adquirir este painel geralmente é maior por utilizar um material ultra puro na sua composição;

• O seu processo de fabricação, onde os painéis recebem um corte específico, acaba fazendo com que grande parte do silício original seja desperdiçado. Mas a sua eficiência continua a mesma.

 

Por mais que este painel seja mais caro ele ainda assim é uma ótima opção de painel solar. Sua funcionalidade, eficiência e vida útil maior que o padrão comprovam isso.

E agora que tal ler o nosso post com as 06 dicas sobre como escolher um sistema fotovoltaico!

 

curso de energia solar