Energia Solar

Painéis solares giratórios: Conheça a tecnologia Spin Cell!

16 abril, 2019

Você já ouviu falar nos painéis solares giratórios? Eles são mais uma inovação na área de energia solar que promete produzir uma energia limpa, ocupando menos espaço que as famosas placas solares.

Neste post você vai conhecer mais sobre a tecnologia Spin Cell, como esse tipo de painel funciona e quais são as principais vantagens e desvantagens dessa nova tecnologia!

 

O que é a tecnologia Spin Cell?

 

A empresa criadora dessa nova tecnologia de célula Spin é a V3 solar. O seu objetivo é fazer com que a energia solar coubesse em espaços menores e tivesse um design mais bonito. Como disse um dos seus representantes “Se nós vamos mudar o mundo, bem que ele poderia ser bonito”.

Com a sua sede na califórnia, a empresa foi a responsável pelos estudos e desenvolvimento da tecnologia. Em um formato cônico, esses novos painéis solares prometem ser mais baratos e eficientes que os painéis comuns.

 

Como funcionam os painéis solares giratórios?

 

Possuindo um sistema extremamente inteligente, o Spin Cell é formado por células fotovoltaicas, lentes, sistemas eletrônicos avançados e um giro dinâmico.

A sua estrutura é composta por dois cones. O primeiro é um cone interno que possui centenas de células fotovoltaicas e um concentrador de lentes estático. Já o segundo possui várias lentes em formato de tubo.

Para que o painel consiga aproveitar a luz solar em qualquer época do ano, foi instalado um cone rotativo em um ângulo de 56°, que permite uma boa incidência solar.

 

Quais a suas vantagens e desvantagens?

 

Essa nova tecnologia vai entrar no mercado mostrando várias vantagens para os consumidores que querem ter energia solar, mas não tem espaço para isso, como é o caso de que mora em apartamentos. Conheça mais sobre elas abaixo!

Mais eficiente

Além de ocuparem menos espaço que os painéis solares convencionais, o Spin Cell produz 20 vezes mais energia utilizando a mesma quantidade de silício. Isso acontece porque os painéis estão sempre girando e captando a luz solar de diferentes ângulos.

Sistema giratório automático

A V3 Solar utiliza um sistema giratório para evitar o superaquecimento do sistema, que é constituído por lentes ou espelhos para refletir o sol. Isso ajuda a manter o painel eficiente.

Energia mais barata

Os painéis giratórios prometem gerar uma energia solar 300% mais barata do que a produção convencional dos painéis que existem hoje no mercado. Além disso o valor do kWh produzido com essa tecnologia geraria apenas US$8 centavos, o que a empresa afirma ser 66% mais barato que o preço da eletricidade.

Desvantagem

Até agora, esse sistema apresentou só uma desvantagem. Para fazer com que as células girem, o painel precisa gastar energia. Mas segundo os criadores, essa energia que o sistema necessita é bem pouca já que o processo magnético consegue aumentar a eficiência de giro gastando pouca energia. Como  os painéis solares giratórios ainda não estão disponíveis no mercado, a empresa ainda tem tempo para fazer melhorias e atualizações.

Se você gostou deste artigo, não deixe de ler o nosso post falando sobre os painéis solares transparentes!

painéis solares giratórios