Dicas

06 dicas sobre como escolher um sistema fotovoltaico

9 outubro, 2018

O mercado de energia solar vem crescendo muito nos últimos anos. Com as diferentes empresas e suas tecnologias, escolher um sistema fotovoltaico pode não ser uma tarefa muito fácil. Por isso nós preparamos este post para você, com as 06 dicas principais para te ajudar na escolha. Confira!

 

Como escolher um sistema fotovoltaico?

 

01 – Custo do sistema

Para saber avaliar o custo de seu sistema, primeiro é importante saber o quanto a sua residência consome de energia. É recomendado conhecer a sua média de consumo diário (caso o sistema seja off-grid) ou mensal (caso o sistema seja grid-tie) para saber quantos módulos você vai precisar.

Fazendo isso, você vai conseguir ter o cálculo de quanto terá que investir (R$) para suprir sua energia (watts.h). É importante lembrar também que o custo do sistema será diretamente afetado pelo tamanho e dificuldade da instalação.

02 – Garantia

A maioria dos painéis fotovoltaicos possuem garantia de 25 anos de vida a 80% de sua potência. Mas o item principal que deve ser avaliado aqui é se a garantia está apoiada a uma organização brasileira. É ela quem terá o papel de cumprir as leis do consumidor caso alguma falha aconteça no sistema.

Também é interessante ver se o sistema suporta as diversas mudanças climáticas como, por exemplo, chuva de granizo.

03 – A fabricante

inversores-grid-tie-off-grid
Inversores Grid-Tie e Off-grid

É importante buscar a maior quantidade possível de informações sobre o fabricante, porque afinal de contas, é ele que vai se encarregar de instalar seu painel e realizar as manutenções quando necessário.

Informações como tempo de mercado, equipe própria, reclamações dos antigos clientes e possuir escritório aqui no Brasil são importantes para serem levadas em consideração.

Algumas empresas possuem ainda alguns diferenciais interessantes como o suporte ao consumidor para o registro do sistema na ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). Ou até mesmo aplicativos para celulares que possibilitam que você monitore em tempo real a sua produção de energia.

04 – Eficiência dos painéis solares

A eficiência dos painéis se refere a quantidade (medida em porcentagem) de energia solar que atinge a superfície do painel e é transformada em energia elétrica. Ou seja, quantos watts por m² o seu painel gera.

O mínimo de eficiência que um painel deve ter é de 15%. Também é importante ver se o coeficiente de temperatura é baixo, pois isso indica que o painel funcionará bem em dias quentes.

05 – Tipo de painel

O tipo de painel solar mais usado atualmente é o de Silício, mas também existem painéis de filme fino, de telureto de cádmio e ainda painéis feitos com células fotovoltaicas orgânicas. Para saber mais sobre, você pode ler este post.

06 – Backsheet – Camada inferior

O Backsheet são películas de plástico que foram fixadas atrás do painel que possuem extrema importância. É ela quem protege as células fotovoltaicas, evitando que elas fiquem danificadas com possíveis curtos-circuitos.

composição do painel solar

Portanto esta película precisa estar uniforme, sem bolhas de ar ou indícios de que está descolando e sendo capaz de comprometer o desempenho do painel.

Gostou do post? Que tal saber agora como preparar a sua casa para gerar energia solar?

 

curso de energia solar